Informação profissional sobre a Envolvente do Edifício

Grupo Reynaers apresenta Reynaers Act: o relatório estratégico oficial para a sustentabilidade

22/11/2022

O Grupo Reynaers lança o Reynaers Act, o seu relatório estratégico para a sustentabilidade, pioneiro no setor, que revela um conjunto de objetivos ambiciosos que o Grupo pretende atingir até ao seu 60º aniversário, em 2025. O objetivo final é conter o aumento das temperaturas médias globais a menos de 2°C – idealmente 1,5°C - acima dos níveis pré-industriais até 2030.

foto
O Grupo Reynaers, especialista em soluções sustentáveis em alumínio e aço para a arquitetura, apresenta aos seus parceiros da arquitetura, imobiliário e construção, bem como ao mundo corporativo, os seus ambiciosos objetivos de sustentabilidade até 2025. Os objetivos contidos no Pacto de Sustentabilidade baseiam-se na urgência de criar impacto positivo e contribuir ativamente para os ambiciosos objetivos do Acordo Climático de Paris. O Grupo Reynaers tem um longo e notável historial como uma organização ambientalmente consciente, que supera constantemente as suas próprias conquistas ao nível da sustentabilidade, descarbonização e economia circular, até porque continua a ser uma empresa familiar e é esta a crença da família fundadora.

A estratégia subjacente a Reynaers Act foi traduzida em ações concretas baseadas em quatro pilares - produtos circulares, edifícios sustentáveis onde os seus produtos atuam, pessoas e sociedade e as operações da organização - e surge na forma de apelo à ação a todos os colaboradores, subsidiárias, fornecedores e clientes em todo o mundo.

Dirk Bontridder, CEO do Grupo Reynaers, está entusiasmado com o futuro do Grupo e os compromissos assumidos em Reynaers Act. “Este relatório estratégico é um marco para o nosso negócio, uma vez que nos comprometemos publicamente a fazer mais pelo nosso planeta. Como a maioria das coisas que valem a pena, não será fácil. Vai exigir que cada um de nós faça a sua parte. É por isso que o convidamos a agir, juntos pelo melhor", salienta. 

foto

Principais factos e figuras

  • O Grupo Reynaers baseia a sua estratégia na Science Based Targets (SBTi) uma parceria fundada pela ONU e pela WWF, entre outras organizações, que conduz ações climáticas ambiciosas no setor privado, permitindo às organizações estabelecer objetivos de redução de emissões com base científica. Estes objetivos proporcionam uma via para as empresas reduzirem as emissões de gases com efeito de estufa a fim de se cumprirem os objetivos do Acordo Climático de Paris;
  • Nos termos do Acordo de Paris, cada país é solicitado a delinear e comunicar as suas ações climáticas, conhecidas como as Contribuições Nacionalmente Determinadas (NDC). De todos os países que apresentaram NDC, um terço não abrange os edifícios e apenas um quarto dos países participantes menciona a eficiência energética. O Grupo Reynaers acredita que é tempo de fazer melhor;
  • Em matéria de eficiência energética está em expansão o número de sistemas certificados Passive House e Minergie. Estas certificações facilitam a seleção de produtos eficientes do ponto de vista energético. No entanto, o Grupo Reynaers só ambiciona a certificação onde esta oferece um verdadeiro valor acrescentado, sem comprometer outros objetivos de sustentabilidade. Por exemplo, substituir peças de alumínio por materiais plásticos não é compatível com os objetivos de circularidade e descarbonização;
  • Em matéria de sustentabilidade e descarbonização dos edifícios guiar parceiros para a obtenção de certificação BREEAM ou LEED. BREEAM e LEED são duas certificações ambientais reconhecidas em todo o mundo que certificam os projetos de construção sustentável, comprovando a eficiência energética e simultaneamente a redução da pegada de carbono;
  • Até 2050, a economia circular pode reduzir globalmente as emissões de CO2 de quatro grandes grupos de materiais de construção (plástico, aço, alumínio e cimento) em 40% à escala global e em economias desenvolvidas como a da União Europeia pode atingir os 56%;
  • De recordar que o alumínio é 100% reciclável sem perda de valor, ou seja de velhas janelas geram-se novas janelas. Isto significa que é verdadeiramente circular, pois não perde as suas caraterísticas durante o processo de reciclagem;
  • Nos últimos três anos, a Reynaers Aluminium certificou nove sistemas Cradle-to-Cradle Bronze©, representando mais de 40% do seu volume de negócios anual. Cradle-to-Cradle, que em português significa 'Do berço ao berço', é a mais exigente certificação de produto quanto ao seu impacto ambiental. A ambição é certificar mais nove sistemas até 2024, aumentando a quota de produtos certificados Cradle-to-Cradle para 60% do volume de negócios Reynaers Aluminium e alcançar o nível Prata em oitos sistemas;
  • O maior desafio para obter o certificado de nível Prata é o cumprimento dos rigorosos requisitos de saúde do material. Por exemplo, as substâncias cancerígenas, mutagénicas e tóxicas para a reprodução são proibidas pelo que está em curso uma auditoria para investigar a sua existência em componentes complementares utilizados, por exemplo, nas ruturas térmicas;
  • Especificamente em Portugal, a maioria dos produtos Reynaers Aluminium já enverga o rótulo ecológico Sustainable Value | ISO 14024 que cumpre a norma internacional para a obtenção de rótulos ecológicos. Para obtenção desta distinção, os produtos para a construção são submetidos a procedimentos de avaliação isentos, rigorosos e precisos, incluídos na ISO – 14024, de forma a averiguar se cumprem critérios ambientais e caraterísticas funcionais;
  • Em 2019, por cada quilograma de alumínio extraído, o grupo emitiu 5,16 kg de CO2. Em 2021, reduziu esse número para 4,81 kg de CO2, utilizando mais alumínio primário de baixo carbono. Até 2030, antecipa valores tão baixos como 2,81 kg de CO2/kg;
  • O compromisso é reduzir as emissões diretas em 46% até 2030 e as emissões indiretas em 55%. As emissões indiretas, ou seja, da cadeira de fornecimento, são atualmente as que têm o peso mais expressivo na pegada total;
  • Para tal, o maior desafio que se enfrenta é a oferta limitada de alumínio reciclado, devido aos 50 anos de vida útil do alumínio nos projetos. Com mais edifícios em construção do que em fim de vida, a procura excede em muito a oferta do mercado. É por isso que o foco está tanto no aprovisionamento de alumínio primário de baixo carbono, como no alumínio reciclado;
  • O Grupo Reynaers já utiliza toda a sua quota-parte de alumínio reciclado disponível. A opção é distribuir o alumínio reciclado disponível em toda a gama de produtos, independentemente do segmento. Atualmente, o alumínio reciclado representa 41% de todo o alumínio utilizado. A ambição é aumentar a quantidade reciclada em todos os produtos para 56% até 2030;
  • O alumínio de baixo carbono, alumínio primário produzido com recurso a energia verde, já representa 24% do alumínio utilizado. A ambição é aumentar o alumínio primário de baixo carbono para 40% até 2030;
  • Em matéria de pessoas e sociedade, está em curso um plano sólido de aprendizagem ao longo da vida e desenvolvimento pessoal de forma a aumentar a empregabilidade e o valor dos seus colaboradores;
  • O Programa Reynaers for Community é a forma do Grupo Reynaers retribuir à comunidade, apoiando instituições solidárias especialmente nas áreas do emprego, bem-estar e saúde mental e física, já que ter um emprego motivador com um rendimento estável protege as pessoas da pobreza e dos problemas de saúde relacionados;
  • A segurança dos colaboradores continua a ser a prioridade número um e é considerada uma responsabilidade da gestão de topo;
  • A estratégia de sustentabilidade do Grupo Reynaers apoia a implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que foram aprovados pelas Nações Unidas em Setembro de 2015. Embora os ODS sejam dirigidos principalmente aos governos, a realização destes objetivos depende muito das empresas devido ao seu espírito inovador e à sua maior capacidade de fazer investimentos

Saiba mais em www.reynaers.pt/sustentavel ou Consulte o Relatório Oficial em https://fal.cn/3tDLU

CEES 27 - 30 june 2023 Funchal / Portugal International Conference

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

novoperfil.pt

Novoperfil - Informação profissional sobre a Envolvente do Edifício

Estatuto Editorial